segunda-feira, 11 de abril de 2016

[Resenha 48] Surpresa Irresistível - Christina Lauren (Irresistível #04)

*** Mocinha mimimi e mocinho saidinho? Não! "Papéis" invertidos! ***



Sinopse: Um executivo britânico certinho. Uma estagiária americana sensual. E um sexy escândalo internacional no escritório. Christina Hobbs e Lauren Billings, conhecidas pelo pseudônimo de Christina Lauren, causaram grande impacto com seu Cretino irresistível, o primeiro volume da série. O livro entrou nas listas de best-sellers do USA Today e do The New York Times, e em sua primeira semana alcançou as listas de mais vendidos do Brasil. 

Ruby Miller fica em choque quando recebe a notícia de que vai representar seu escritório de Londres em uma conferência de um mês em Nova York. Isto porque ela não estará sozinha: terá a companhia de Niall Stella, simplesmente o vice-presidente de sua empresa e — há meses — a paixonite secreta da bela estagiária californiana. Niall nunca havia reparado em Ruby até os dois começarem a flertar no voo para os Estados Unidos. O lindo britânico definitivamente não é um cara que toma a dianteira na conquista, porém os dois terão o mês inteiro em Nova York para se conhecerem sem pressa. Ruby usará de todas as armas de sedução para desarmar as barreiras de Niall e viver fantasias arrebatadoras com seu affair secreto. Aproveite e mate a saudade de outros personagens da série Cretino irresistível, como Chloe, Bennett, Will e Max Stella.

Série Irresistível:


1 Cretino Irresistível - Conta sobre o romance de Bennet e Chloe;
#1.5 Cretina Irresistível - É uma "novela" (história curta) sobre Bennet e Chloe.
2 - Estranho Irresistível - Conta sobre Max (colega de faculdade do Bennet) e Sarah (colega de trabalho e amiga da Chloe).
#2.5 - Paixão Irresistível - Outra novela. Conta sobre Bennet, Max, Sara, Chloe e mais Henry (irmão do Bennet) e Will (protagonista do livro seguinte).
3 - Playboy Irresistível - Sobre Will e Hannah.
#3.5 - Noiva Irresistível - Aparecem todos os personagens
#3.6 - Sempre Irresistível -  Todos personagens, mas focado em Sara e Max. Também somos apresentados ao irmão do Max e à Anabel.
4. Surpresa Irresistível - História sobre Niall, que já começamos a conhecer em Beautiful Beloved, em romance com Ruby.
#4.5 - Chefe Irresistível - Sobre Will e Hannah, com todos os outros personagens. Somos apresentados ao Jensen, irmão da Hannah e amigo do Will, que deverá ser protagonista de outro livro, em breve.


Opinião:
Que saudade da escrita do par de autoras que se denominam Christina Lauren! Nesse último livro que li delas, o texto flui bem, a tradução também é boa. As suas tramas sempre me prendem e, pra variar, li este livro bem rápido. 

A série Irresistível trata de alguns solteiros irresistíveis: Bennet (do livro 01, "Bastardo Irresistível", um chefão poderoso de empresa), Max (do livro 02, "Estranho Irresistível", um inglês cheio da grana e hábitos diferentes), Will (do livro 03, "Playboy Irresistível", meu mocinho preferido, um "galinha" quase irreparável) e Niall, protagonista deste livro, "Surpresa Irresistível". A série também é composta de 5 novelas (histórias curtas, lançadas no entremeio dos livros, complementares a trama). A série já foi resenhada como um todo (até o livro 3.5) por mim e você pode acessar clicando aqui.

Em "Surpresa Irresistível", o quarto solteiro irresistível é Niall Stella, irmão do Max, que é recém divorciado. A história começa em Londres e também é protagonizada por Ruby, a mocinha americana que foi para Londres estudar e não consegue deixar de babar apaixonada por Niall, seu colega de trabalho. Uma oportunidade faz com que eles viagem juntos para Nova Iorque por um mês a trabalho e então que o romance começa a aflorar.

Bem... O romance tenta aflorar.
Neste livro, quem fica no "quero ou não quero?", "devo ou não devo?", "transo ou não transo?" é o mocinho Niall. Isso até é engraçadinho... Teria me incomodado MUITO se não fosse por dois motivos: 1) o porquê de Niall ser assim é bem explicado, bem elaborado e foi plausível para mim; 2) apesar de Niall ter ressalvas quanto a transar com Ruby, eles não ficam "na seca". Rolam muitas cenas íntimas, que sanam a necessidade (do Niall e da Ruby e) dos leitores de verem alguma coisa acontecer de fato entre eles.

Tanto Ruby quanto Niall são personagens bem escritos, assim como todos os personagens desta série. As personalidades de cada personagem não mudam através da série. Uma coisa que acontece muito, porém não aqui, é de vários personagens terem a mesma "voz", soarem iguais, não terem características próprias, mas todos os personagens desta série tem. Inclusive Ruby e Niall. 

Uma coisa que me incomodou, porém, foi uma dissonância que senti, da primeira cena, com o restante do livro. A primeira cena, na primeira página é Ruby num elevador, repreendendo sua colega de trabalho por falar sobre pênis e sexo em voz alta, num elevador com outras pessoas. Isso me passou uma sensação de que Ruby seria recatada, envergonhada, e depois, durante o restante da leitura não é bem assim. Ela é bem "saidinha", bem sensual e, devido aquela cena inicial fiquei pensando "não! mas ela não parecia ser assim!" Ficou confuso na minha cabeça: porque ela pareceria tão recatada em Londres e tão liberal e sensual quando está nos EUA? 

Talvez fosse o apenas o contraste entre ela e Niall, ou talvez ela realmente tenha mudado de atitude frente a ele. Não sei, mas quase toda a iniciativa sexual do livro parte dela. 

A trama tem várias cenas diferentes das que comumente lemos nesse tipo de livro, entre elas várias de masturbação mútua,  mas isso foi bem legal, quase um refresco. A cena em que ela usa um batom vermelho para beijá-lo no peito e em outrooos lugares e depois fecha a camisa dele, que sai para uma reunião foi bastante diferente, sensual e marcante para mim. 

Niall não é um babacão, mas acho que o fiz parecer assim, não é? Ele é bem gostoso, inteligente e humilde (não fica ostentando a grana, como os outros 3 mocinhos), e é tão apaixonante quanto os outros. O problema de Niall é Portia, namoradinha de infância e ex-mulher dele, que passou anos fazendo-o sentir-se fraco e menosprezado, num relacionamento frio e controlado, sem paixão e quase sem sexo. E ele nunca namorou outra mulher além dela. Portia é tudo que conhece... Ouch, coitado...

Este é o motivo de Niall se sentir tão surpreso quanto a iniciativa de Ruby e tão sem ação frente a isso. Além do que ele ainda está de "luto" pelo divórcio e não se sente capaz de se envolver novamente. 

Gostei bastante da história, achei bom rever - como sempre revemos - personagens da série em geral, como Bennet, Chloe, Will, Max e George. Acho que Niall me marcou bastante, pois apesar de seu jeito inseguro ele não é um personagem fraco e quando começa a se sentir seguro... Ui! Que calor!! hihihih

Recomendaria?? 
Sim, recomendo muito esta série para todas mulheres que gostam de romance e sexo, pois nessa série temos conteúdo adulto sexual, mas temos boas questões pessoais também a resolver.


Releria??
Acho que sim. Meu preferido da série ainda é Playboy Irresistível, mas como a série tá terminando, claro que lerei! Além da novela "Chefe Irresistível", o próximo será o último livro desta série a ser lançado, sobre Jensen (irmão da Hanna) e a Pippa (a colega de trabalho da Ruby, aquela do elevador, rsrsrs).