segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Resumão de 2016: Minhas "estatísticas" literárias.

- 2016 em livros e leituras - 


Quantidades Gerais

Total de livros lidos: 42

Meus livros físicos: 29

Ebooks: 12
CVs, LVs e Empréstimos: 1


Autores
18 mulheres
3 homens (Xavier Besse, Moacyr Scliar, Jay Asher)


Nacionais


4 autores nacionais: Martina Schreiner, Moacyr Scliar, Bianca Briones e Xavier Besse.

Séries

34 livros faziam parte de uma série, sendo que comecei 11 séries e finalizei 3.


Das 11 séries que comecei, 1 sei que não pretendo terminar: Feita de Fumaça e Osso, da Laini Taylor.



Estatísticas Mensais

O mês em que mais li foi março, com 6 livros e 1860 páginas, e os meses em que eu menos li foram outubro e novembro, em que finalizei apenas um livro em cada e dezembro, em que não finalizei nenhum livro. 


Melhores e Piores


Minha maior decepção literária do ano foi o conto "Kindred Spirits" da Rainbow Rowell. Muitas pessoas falavam bem desta autora então resolvi conhecê-la através do conto e achei simplesmente ruim. Não gostei da escrita e achei o final bobo e previsível.

Minha maior surpresa literária do ano foi "Os 13 Porquês" de Jay Asher. Comecei a ler de madrugada, num dia em que perdi o sono, e acabei perdendo o sono mais ainda, de tanto que gostei. Não conseguia parar de ler, mesmo numa época atribulada de trabalho.

Editoras


Li livros de 14 selos editoriais diferentes. O Grupo Editorial Record foi a editora com mais livros lidos: 10.

A segunda editora com mais livros lidos foi o Grupo Editorial da Companhia das Letras, com 5 livros lidos. 


Inacabados


Deixei inacabados 3 livros, que pretendo terminar esse ano: "Obsidiana" da Jennifer L. Armentrout, "Em algum lugar nas estrelas" da Clare Vanderpool e "De repente, o desejo" de Susan Fox.


Compras

O total de livros novos na minha estante, seja por compra, troca ou porque ganhei de presente: 70. 

Entraram vários livros novos na minha estante, mas me controlei muito para não comprar tanto e fiz uma grande limpa na minha estante para me desfazer de coisas que não queria.  

Doei vários livros para a biblioteca da escola onde trabalho e também levei vários para sebos, tanto para trocas como para vendas. 

*.* 

Todas as informações aqui contidas foram anotadas durante o ano em um caderninho de leituras e num arquivo de Excell. 

Um bom 2017 de leituras para todos nós!


Amém!